01 novembro, 2008

2-11-1969


Em tempos recebi rosas
Hoje carrego os espinhos
Ainda hoje me lembro
Da primeira vez que recebi rosas
Rosas vermelhas
Rosas cheias de amor e paixão.
Não esqueço aquele momento
Nem nunca te esquecerei
Sou tua, a tua mulher
A mulher que te apoia
A mulher que nunca te esquece
Hoje, a mãe das tuas filhas
Hoje, lembro...
Que todas rosas têm espinhos.

Amanhã...

Quem sabe ?

1 comentário:

Faroleiro disse...

As rosas são muito mais que rosas. São sobretudo, aquilo que pensamos ácerca delas...